O FUTURO DA HUMANIDE - REFLEXÕES






segunda-feira, 30 de julho de 2012

0061 - AS BIZARRICES DA BÍBLIA


Acreditar em “Deus” é uma coisa, coerente por sinal. Acreditar na Bíblia é outra muito diferente, uma vez que a única base filosófica do Ateísmo são as “bizarrices” da bíblia. Só aí, eles são convictos, fora daí, nada pode sustentá-los em sua “fé”.



Antonio Ferreira Rosa

3 comentários:

Ana Paula Cacau disse...

Violência e morte sem a condenação divina
Algumas histórias na Bíblia são bastante perturbadoras, mas é difícil encontrarmos algo tão horripilante quanto o que é descrito em Juízes 19:22-30. A história não é só bizarra, mas também totalmente repugnante.

Um homem e sua amante estavam vagando pelas ruas até que um indivíduo aceita hospedar os dois em sua casa. No meio da noite, um grupo de homens apareceu em sua porta, exigindo que ele entregasse seu hóspede para que eles tivessem relações sexuais com o viajante. O dono da casa então ofereceu sua filha virgem no lugar do homem.

Se tudo isso já não fosse ruim o suficiente, os homens ainda deixaram que ela sangrasse até a morte. Quando ela foi encontrada por seu noivo, ele deu fim a seus restos mortais distribuindo-os para as 12 tribos de Israel – tudo isso sem a condenação divina. Aparentemente, o homem ainda foi julgado justo, por impedir que seu hóspede fosse violado.Tudo isso e normal...

Aritino de Arruda Campos disse...

Fé verdadeira, é somente aquela que pode ser confrontada com a ciência em qualquer tempo. Alan Kardec.

Aritino de Arruda Campos. disse...

A bíblia é um livro intrigante, se a estudarmos com a mente despida de qualquer preconceito religioso, poderemos observar que existem conteúdos totalmente fantasiosos, bem como outros já com veracidade comprovada pela ciência. A começar pela Gênese,livro que muito se assemelha aos contos infantis, tendo como personagens Adão e Eva, dispensa comentários, pois parece mais uma fábula. No novo testamento, interpretar as mensagens do Apocalipse de S.João é outro desafio. Melhor então, confrontar o que lemos na bíblia com o que a ciência já comprovou.